18 de outubro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
7/10/21 às 15h30 - Atualizado em 7/10/21 às 16h30

Creas da Estrutural atende a cerca de 200 casos de violência por mês

COMPARTILHAR

Acompanhar famílias que vivem situações de violência ou violação de direitos e viabilizar a elas atendimento socioassistencial e o acesso a direitos e benefícios sociais. O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) Estrutural atende, mensalmente, cerca de 200 famílias com estes serviços. São famílias acompanhadas em sua integralidade e que recebem atendimento especializado para resgatar sua autonomia e seus vínculos familiares, com o objetivo de sair daquela situação de violência.

A região administrativa da Estrutural tem, aproximadamente, 45 mil habitantes. “Aqui na região, são muitas famílias em situação de vulnerabilidade social. Mesmo durante o auge da pandemia da covid-19, nós não tivemos condições de reduzir os acompanhamentos, especialmente porque houve um aumento dos casos de violência doméstica e de abuso sexual”, explica a gerente substituta do Creas Estrutural, Fabiana Aguiar.

Assim como todas as unidades socioassistenciais da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), a unidade da Estrutural não interrompeu as atividades e manteve todos os atendimentos por meio remoto.

“Nos casos extremos, até tivemos o atendimento presencial, com todos os cuidados para garantir a segurança de usuários e servidores. Quando a família chega aos nossos serviços, nós fazemos uma escuta qualificada para identificar o grau de risco das demandas que eles trazem e avaliar como vai ser o acompanhamento e tirar as pessoas da situação de violência”, destaca a gerente da unidade.

Segundo dados da Sedes, em setembro foram 157 atendimentos particularizados realizados no Creas Estrutural, isto é, pessoas que tiveram acesso a um atendimento especializado, realizado pela equipe de profissionais do Creas.

“O Creas tem um trabalho conjunto, mas diferente do Cras [Centro de Referência de Assistência Social] que atua na prevenção. O Creas acompanha pessoas e famílias que já estão numa situação de violência, de negligência, de abuso, e precisam do auxílio do Estado para se recuperar e ter condições dignas de retomar a vida, seja por meio dos benefícios sociais que são concedidos de acordo com a necessidade da cada família, seja pelo acompanhamento especializado com uma equipe socioassistencial, composta por psicólogo, assistente social, pedagogo e educador social”, reforça a a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha.

Modernização

Recentemente, o Creas Estrutural passou por uma reforma de modernização das instalações. A obra foi realizada em parceria com a Secretaria do Trabalho, já que a unidade fica em um prédio cedido pelo órgão. No local, além da modernização e reforma do Creas, também foi instalada uma nova Agência do Trabalhador. O novo espaço foi inaugurado nesta quarta-feira (6) pelo governador Ibaneis Rocha e pela secretária Mayara Noronha Rocha.

O valor para viabilizar a reforma do Creas, que foi descentralizado para a Secretaria de Trabalho, foi de mais de R$ 460 mil reais. Recurso totalmente investido pela Sedes.

“Nós precisamos do apoio do governo aqui na Estrutural e é importante ter melhorado essa estrutura aqui. Nós precisamos disso, desse apoio dessas unidades, para passar por esse momento de crise”, comemora Clebson Miranda, morador da Estrutural.

Subsecretária de Assistência Social, Kariny Alves ressalta que essa modernização do espaço beneficia a comunidade da Estrutural e proporciona mais qualidade de vida ao servidor que atende na unidade.

“É um objetivo nosso reformar todas as nossas unidades, porque é extremamente importante a população ser recebida em um local acolhedor, um local onde ela se sinta bem. Isso faz toda a diferença no atendimento que é feito nas unidades. O usuário se sente valorizado”, conclui a gestora.

*Com informações da Sedes

 

 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros